Harajuku: A moda da cultura japonesa em Tóquio

Em Tóquio podemos ver um misto de formas de vestir intrinsecamente ligados a cultura de cada estilo. Dentro do bairro de Shibuya temos um sub-bairro que se chama Harajuku, região conhecida por ditar a moda que sai do oriente e vem ao ocidente, mesmo que alguns não saibam que algumas das tendências que conhecemos vieram de lá.

Antes de tudo você deve saber que a moda usada pelos japoneses em Harajuku é muito peculiar pois suas inspirações vão desde um movimento cultural do seu local e também homenageia os animes e mangás tão amados no Japão e no mundo.

Voltando ao assunto deste post, podemos começar dividindo esse sub-bairro em três zonas praticamente distintas, seriam elas Meiji Dori e Omotesandō Street; Takeshita Street; Harajuku Street e Ura-Harajuku (ou como é conhecida Cat- Street).

Essa divisão pode ser possível por conta da diferença entre os que frequentam essas ruas específicas, na realidade você pode transitar em qualquer uma dessas ruas, pois possuem diversos cafés, lojas de roupas de marca e brechós. Há moda para todos os estilos e bolsos, ainda mais com a popularização de Harajuku nos anos 90.

Em Meiji Dori e Omotesandō Street a visão é muito parecida com Beverly Hills, pois encontramos todas as marcas de alto padrão como, Louis Vuitton, Prada, Tod’s, Dior, Omotesandō Hills e Gyre, entre outros. Além das marcas mais conhecidas, como Forever 21 e Levi’s, mas da mesma forma a moda por ali é bem diferente e nada oriental, pois as tendências que as marcas seguem são as ocidentais.

Já na Takeshita Street encontramos bem representada a cultura pop japonesa, por lá os cabelos são coloridos de cores diversas, como azul e roxo, nos acessórios os padrões e texturas são no mínimo excêntricos, segundo o ponto de vista brasileiro. Tudo é exagerado, colorido ao extremo e com muito brilho, ainda em Takeshita podemos encontrar os famosos cosplayers (fãs de animes e mangás que se vestem com perfeição, para homenagear seus personagens favoritos).

Em sua maior parte, as influências na forma de se vestir foram o cosplay, lolitas e visual kei, mas tempos depois outros estilos foram surgindo e incrementaram toda a cultura pop japonesa que vemos nas suas vestimentas

Em Harajuku não há olhares de julgamento, até por que ninguém se preocupa com isso, mesmo se não combinar as roupas, vemos uma cultura tão enraizada que eles simplesmente não ligam para pessoas que os estranham.

A Harajuku Street e Ura-Harajuku possuem várias ruelas que acolhem pessoas completamente diferentes do que vimos anteriormente, o ambiente é mais casual e moderno, mais na moda, visto que estamos acostumados com essa forma de vestir. Podemos ver muitos acessórios que têm inspiração ocidental como os sapatos Oxford’s e as Bomber Jackets. Nas lojas vemos decorações menos gritantes como em Takeshita Street, essa decoração nos remete ao estilo nórdico, onde sempre podemos entender que menos é mais.

Nessa parte existem milhões de lojas com artigos de segunda mão, com qualidade e preço mais em conta. Seu ritmo calmo e descontraído conquista a todos e se torna mais um lugar que queremos conhecer.

Mas não podemos esquecer que Harajuku também é muitas vezes lembrada pelos cafés e casas de guloseimas típicas japonesas, lá você irá conhecer as máquinas que vendem comida e aprenderá que não é vergonha nenhuma comer e público, no caso na rua mesmo.

Temos certeza que você ficou com fome depois de ler esse texto né? Então aproveita e passe no Delivery Sassá Sushi e prove algumas das delícias preparadas pelo Mestre Sassá, como é o caso do Mini Combinado Salmão Selvagem do Alaska Sockeye.

Se você conhece alguma outra curiosidade sobre Harajuku, não esqueça de comentar nas nossas redes sociais!

Deixe uma resposta